quarta-feira, 4 de agosto de 2010

CNBB contra Dilma Rousseff

Em carta, CNBB pede que fiéis não votem em Dilma
21/07/2010 às 20h31m

RIO - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma carta na última segunda-feira na qual pede que os fiéis não votem na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.
Leia a carta na íntegra:

"Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus
"Com esta frase Jesus definiu bem a autonomia e o respeito, que deve haver entre a política (César) e a religião (Deus). Por isto a Igreja não se posiciona nem faz campanha a favor de nenhum partido ou candidato, mas faz parte da sua missão zelar para que o que é de "Deus" não seja manipulado ou usurpado por "César" e vice-versa.
"Quando acontece essa usurpação ou manipulação é dever da Igreja intervir convidando a não votar em partido ou candidato que torne perigosa a liberdade religiosa e de consciência ou desrespeito à vida humana e aos valores da família, pois tudo isso é de Deus e não de César. Vice-versa extrapola da missão da Igreja querer dominar ou substituir-se ao estado, pois neste caso ela estaria usurpando o que é de César e não de Deus.
"Já na campanha eleitoral de 1996, denunciei um candidato que ofendeu pública e comprovadamente a Igreja, pois esta atitude foi uma usurpação por parte de César daquilo que é de Deus, ou seja o respeito à liberdade religiosa.
"Na atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.
"Na condição de Bispo Diocesano, como responsável pela defesa da fé, da moral e dos princípios fundamentais da lei natural que - por serem naturais procedem do próprio Deus e por isso atingem a todos os homens -, denunciamos e condenamos como contrárias às leis de Deus todas as formas de atentado contra a vida, dom de Deus,como o suicídio, o homicídio assim como o aborto pelo qual, criminosa e covardemente, tira-se a vida de um ser humano, completamente incapaz de se defender. A liberação do aborto que vem sendo discutida e aprovada por alguns políticos não pode ser aceita por quem se diz cristão ou católico. Já afirmamos muitas vezes e agora repetimos: não temos partido político, mas não podemos deixar de condenar a legalização do aborto. (confira-se Ex. 20,13; MT 5,21).
"Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos e verdadeiros católicos a que não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff e demais candidatos que aprovam tais "liberações", independentemente do partido a que pertençam.
"Evangelizar é nossa responsabilidade, o que implica anunciar a verdade e denunciar o erro, procurando, dentro desses princípios, o melhor para o Brasil e nossos irmãos brasileiros e não é contrariando o Evangelho que podemos contar com as bênçãos de Deus e proteção de nossa Mãe e Padroeira, a Imaculada Conceição.

"Dom Luiz Gonzaga Bergonzini"

30 comentários:

  1. Que curioso, não vi a igreja tão ávida assim pela vida quando matou milhões em guerras santas e na inquisição.
    Devemos lembrar tambem que essa mesma igreja de Eunucos em nome da manutenção do seu poder, pede que ninguem faça Sexo, e tem como dogma fundamental de fé que o único caminho é a dor.
    Logo, deve mesmo se posicionar contra candidatos como Lula e Dilma, afinal esses trazem felicidade, educação, cultura, bem estar e acesso a alimentação aos ricos e pobres.
    Parabens Senhores da igreja, estão arrumando mais um motivo para afastar cada vez mais os seus rebanhos de vocês, pois se não for Dilma vai ser Serra, e Serra no poder significa realmente Dor, lamento, privatização, falta de empregos, caos, em resumo com tanta coisa ruim,com tanto desespero esse Serra realente é o candidato certo para igreja, pois só assim talvez as pessoas voltem as igrejas, já que elas se perderam no meio do caminho e esqueceram que se papel é semear o amor entre os homens e não a discordia.

    ResponderExcluir
  2. Carta patética de uma instituição igualmente patética.

    ResponderExcluir
  3. É incrível! Como explicar o apoio da Igreja Católica a candidata Marta Suplicy, autora dos projetos leis que permite o "aborto" e "casamento entre dois do mesmo sexo"? Porque não vem a público explicar vossa posição de apoio aos comunistasw?

    ResponderExcluir
  4. Essa matéria é tendenciosa, parcial e desinformada. a posição é a de um padre e não da CNBB... padre esse que se coloca contra tudo e contra todos inclusive a propria CNBB!!

    No mais somente bobagens aqui escrito nesse blog.
    Lamentável!

    ResponderExcluir
  5. Por isso, VOTEM na Marina Silva!
    Ela é um exemplo de Cristã!

    E que Deus nos abençoe!

    ResponderExcluir
  6. Isso é o que se pode chamar de UM BISPOZINHO TENDENCIOSO! Já ouvi em reportagem sobre esse posicionamento.Usa indevidamente a PALAVRA DE JESUS quando respondeu a uma pergunta capiciosa! Mente quando diz que o PT puniu deputados em razões de suas idéias e pontos de vistas.A única coisa que se pune é a infidelidade partidária,quando esses se posicionam contra DECISÃO PARTIDÁRIA, em nome da unidade! QUERO DEIXAR AQUI PARA REFLEXÃO: Jesus, ao afirmar que deveria dá a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus- QUERIA APENAS REAFIRMAR SUA POSIÇÃO DE QUE VEIO PARA QUE TODOS TIVESSEM VIDA EM ABUNDÂNCIA, que era justo cumprir a LEI e pagar imposto a CESAR por outro lado que CESAR DEVERIA DEVOLVER A DEUS O QUE ERA DE DEUS, ou seja, FAZER JUSTIÇA AOS PEQUENINOS DAQUELA ÉPOCA, tais como os pobres, as viúvas, etc o que traduzindo para hoje significa GERAR EMPREGOS, CUIDAR DA SAúDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, ETC

    ResponderExcluir
  7. e realmente um assunto muito complicado pois
    tudo oque se fala que e religioso e descriminado pois o povo so que farra sexo liberado e horgias infelizmente nos deparamos com casais homos gays lesbicas e muito triste
    pois Deus criou o homem para a mulher e a mulher para o homem resumindo o homem so procura a sua felicidade no mundo e se esquece que quem deu a vida por ele foi Deus e nao usn qualquer

    ResponderExcluir
  8. O que tiver de acontecer, vai acontecer. Tudo está determinado por Deus. Não substimem o poder de Deus. ELE não precisa que demos uma forcinha. Vote em quem quizer. Se Deus predeterminou que Seu povo vai ser perseguido, ninguém vai impedir. Agora nunca fui com a cara dessa Dilma. Não pelo que ela diz que vai fazer, mas pelo blá blá blá. Quem conversa muito é hipócrita.

    ResponderExcluir
  9. Claro que devemos pensar em quem votar pergunte para Sra Dilma o que ele fez no seu passado para no futuro do Brasil.Ela nunca fala d seu passado o porque.
    Pensem muito bem quem nao tem corragem de falar de voce propria sera por que.
    Que Deus Pai Jesus Cristo nos abencoe sempre e nos de a direcao para votarmos correto.

    ResponderExcluir
  10. Na net rola Muita informação sem fundamento. As Igreja Cristãs, não fazem campanha partidária, são a favor da vida dígna, como: saúde, emprego, educação. No atual gov como nos anteriores teve seus erros e acertos, mas, com PT, foi muito melhor. só ele pode falar>>>>
    D. Geraldo Lyrio Rocha
    Donário N. de Jesus

    ResponderExcluir
  11. Vamos lá, pessoal, votar na Dilma. Ela tem um passado Ficha Limpa, sim, senhor! É só procurar sua biografia e então se comprova seu perfil "candidato ideal"... Além do mais, estive fazendo umas contas: 8 anos: Lula + 4 Dilma = 12, então Lula volta + 4 = 16 e se reelege = 20 anos de PT no poder!!! Viva!!! É a "glória", é tudo o que o Brasil precisa, ou o povo merece????? Enquanto isto, o resto do povo prá onde vai? Vai catar "coquinho"...

    ResponderExcluir
  12. Incrivel como tem experts no assunto né. Falam da igreja como falam do barzinho da esquina e esquecem q a igreja tem mais de 2000anos ou seja primeiro faça bem um exame de conciência pra sair criticando pessoas q são a favor da vida e se não fosse essa igreja defendendo a vida muitos q ai estão criticando não teriam nascido, seriam abortados por suas mães mas a igreja é a mesma ontem hoje e sempre. Sempre sem interesse em defender direita ou esquerda mas pra defender o direito a vida. É por causa destas situações q todo dia tem mulher morrendo é quem critica tanto não vê isso, são cegos ou se venderam a algum partido> onde está sua riquesa ai está seu coração

    ResponderExcluir
  13. Tenho visto essa semana uma corrente feita por evangélicos dizendo que não se devem votar na Dilma porque o vice dela esta ligada ao satanismo. O mais curioso é que que diz que Michel Temer é satanista, nega veemente que seja filho dele e enriqueceu as custas de gente miserável que tira o que nao tem pra alimentar e engordar esses idiotas que gritam em nome de Deus e não pagam um centavo de imposto. Lutam pra que o governo do anticristo nao aconteça (não sou satanista, tenho minha convicção com os pes no chao) enquanto a Biblia diz que Deus permite todas as coisas e quem nem um fio de cabelo caia de nossa cabeça sem que Ele permita, então agora os evangelicos, protestantes e afins estão contra o plano de Deus? Esse bispo é louco e suas palavras não podem ser interpretadas como sendo consenso. Abram o olho pra enganação, ela acontece onde se grita ó Glória!

    ResponderExcluir
  14. Tomara que nao tenhamos mais um boneco de fantoche no comando do nosso pais. Mais um ignorante no poder seria demais para o Brasil. Continuarei morando fora com seguranca, boa educacao, justica social, cultura e excelentes condicoes de vida... que pena que as pessoas que podem fazer algo pelo Brasil sao incapacitadas pelo voto de ignorantes que julgam o candidato por uma misera bolsa escola,,, a mesma politica de pao e circo de Roma... mas assim como se deve dar a Cesar o que e de Cesar,,, que aos ignorantes se lhes presenteie com uma ignorante... Dilma,, a face enojavel do alienamento brasileiro

    ResponderExcluir
  15. Não é posição e nem carta da CNBB... o título deve ser corrigido... é a opinião pessoal do Bispo de Guarulhos. Vejam debate na CNBB dia 24 de Setembro.

    ResponderExcluir
  16. Bom.não quero fazer propaganda, mas quero pedir a todos que estão a favor ou contra a Sr.Dilma, que antes de votarem ORE A DEUS pedindo clareza em quem votar !!!
    eu não posso votar pois sou de menor, mas peço a todos que votem naquele que Deus colocar em seus corações...Lembrem -se de que já podemos dizer que estamos no fim ...
    Que Deus abençõe a TODOS.

    ResponderExcluir
  17. palhaçada nda ver isso um padre pra min burro q fica colocando notas nda aver po pra com isso ou ele nem disse q é contra nem afavor o lula melorrou o brasilll po para d se meter no não sabe sou católico mais não me conformo com isso a igrja catolica na historia tambem matou e muito então não tem oq falarrrr...

    ResponderExcluir
  18. Dom Luiz Gonzaga Bergonzini é Bispo de Guarulhos e não tem credenciais para falar pela CNBB senão o de exercer o seu direito de manifestar opionião pessoal.
    Não sei como ainda existem tandos idiotas que caem nessa armadilha da oposição pra sentarem o cacete numa instituição respeitável como a CNBB e que sempre esteva ao lado da justiça social e da liberdade no período da ditadura.

    ResponderExcluir
  19. É interessante notar tantos "superdotados de inteligência", "grandes estudiosos da sociedade", criticarem a Santa Igreja. O conhecimento é tão grandioso, que essas pessoas insistem em mencionar SEMPRE as mesmas historinhas de que "a Igreja matou milhares na Santa Inquisição e nas Cruzadas e blá blá blá" (muitos ainda confudem uma coisa com a outra,demonstrando completo desconhecimento do assunto...).
    Acontece que essa tal história, que vem escrita em livros didáticos do ensino fundamental e médio, nada tem de absoluto. Muito pelo contrário, senhores e senhoras que ousam criticar a Igreja: a verdade é que o movimento Renacentista, que espero saibam que sucede o fim da Idade Média, foi justamente o responsável por "contar a história da Idade Média". Assim, espero que vocês também tenham conhecimento de que o Renascimento tem justamente a característica de opor-se ao Catolicismo, uma vez que procurava tirar o Deus do centro da atenção do homem para colocar o próprio homem. Assim, nada mais natural que um movimento anti-católico criticar ferrenhamente a Igreja Medieval! Agora, se você, que se diz muito conhecedor das coisas, quer conhecer apenas um lado da história, é decisão sua; mas faça o favor à sociedade de manter suas opniões míopes para si! O mundo já está perdido o bastante sem sua contribuição cega!
    Como disse muito corretamente Claudiomar Cesar, a Igreja tem 2000 anos de história, sendo ela uma Instituição que agrega IMENSA quantidade de conhecimento e genuína Sabedoria (Divina). Tudo que falta à Igreja são recursos fundamentais para disseminação do conhecimento hoje em dia: espaço nos veículos de comunicação.
    Não critique a Igreja antes de conhecer profundamente a versão que ela tem da história!
    Não vou citar aqui, neste momento, nehnhuma bibliografia que prove tudo o que escrevi , mas proponho-me a escrever muito mais e divulgar fontes bibliográficas a todos aqueles q se acharem interessados. Entretanto, neste momento, proponho apenas um exercício prático:
    Procure você, leitor, tentar relatar um determinado acontecimento pelo que você tenha passado e que envolva outras pessoas. Em seguida, peça a uma dessas pessoas para relatar o que aconteceu naquele mesmo dia (desde que ela não tenha ouvido a sua história). Você verá que, mesmo quando falamos de fatos que ocorreram há poucos dias, as informações divergem. Imagine agora o quão deturpado pode estar esse relato que hoje temos da Idade Média, que ocorreu há 2000 anos; principalmente se tivermos em conta que os responsáveis por este relato foram, principalmente, grandes inimigos da Igreja!

    ResponderExcluir
  20. Sem comentários com uma carta com esse conteudo,vindo de uma istituição que penso ser confiavel,mas com esse conteudo realmente.
    vote!!!!!13

    ResponderExcluir
  21. Dentre seus mais de 2000 aniversários .. a igreja sim errou em alguns aspectos .. todos erramos .. matamos sem saber ... quando percebemos o erro .. voltamos atrás .. quem nunca errou ? teria existido a não ser Jesus e Deus pesoas perfeitas ? Por isso que sou contra a candidatura da Dilma .. dentre suas más e despreparadas qualdiades .. penso que o Serra e um pouco menos que ela .. mas mais que a Dilma estão sim preparados à presidência ... Espero que qualquer outro entre no poder .. menos a Dilma ...
    Tenhu apenas 17 anos .. não tenhu experiência política.. mas o pouco que tenhu .. me faz votar no Serra ...

    45 .. 45 ... 45

    ResponderExcluir
  22. Rs... O Ramon, precisa crescer para entender a política brasileira, outros que fizeram falas muitos interessantes, porém com fundamentos meio deturpados e outros até sem fundamento digo a todos que: precisam avaliar melhor suas posturas e posições, também sou católico, catequista além de outras funções que se agregaram a mim, enquanto Católico, porém acredito que não existe hoje no Cenário nacional, pessoas e/ou Partido que possamos dizer veemente que são os melhores, o que precisamos é avaliar os processos desde a ditadura até os dias contemporâneos, temos hoje um resultado que ao longo de muitos anos não tivemos, foi uma mudança na sociedade. Hoje infelizmente existem muitas pessoas que sabem usar muito bem da sua sabedoria mas apenas para caluniar outras pessoas sem ter realmente muitos fundamentos. Sei que o atual governo poderia ter feito mais, porém sei também que ser um governante não é apenas ter uma formula mágica, mas sim fazer soma de ações que podem ajudar a melhor o Brasil, mas que com certeza são precisos muitos anos para termos uma mudança completa, devemos votar neste segundo turno com a consciência a partir da analise de resultados dos últimos governos e assim verificarmos o que, em que e onde podemos avançar, assim como diz o nosso querido Presidente Luis Inácio, existem pessoas que saem do seu submundo para trazer coisas do seu imaginário para a política, não podemos analisar, dialogar e acusar a partir de pressupostos, e sim a partir de resultados, isso é o mais importante, quando Lula estava a se eleger também disseram que ele fecharia as Igrejas, e tantas outras coisas e hoje nós temos mais Liberdade religiosa e não só liberdade religiosa, como,liberdade de expressão mais acesso a credito, menos miséria, mais igualdade, isso é suficiente? Não! Mas, com certeza é o nosso avanço, não quero dizer com isso que o candidato Serra não pode ser capaz de dar continuidade, muito pelo contrário, acredito que tanto Dilma quanto o Serra podem fazer trabalhos brilhante, mas o que trago como tônica é que se formos avaliarmos a caixa de tomate por um que estava estragado, estamos jogando fora muitos tomates bons, ou seja, se formos avaliar Dilma pelo partido ou o partido por Dilma, não estamos agindo corretamente, da mesma forma que não podemos avaliar Serra pelo partido e nem o partido por Serra. Mas se analisarmos os dois Partidos, podemos dizer que o Governo de Lula do PT e o ultimo governo de Fernando Henrique do PSDB, mesmo partido do Serra, iremos perceber que existe uma enorme diferença. E que com certeza hoje estamos muito melhor. Assim sendo vai esta reflexão para que façam uma análise consciente e não a partir do submundo. Votem pelo trabalho e não pelo imaginário, não temos como saber o que um ou outro governante fará se não o colocarmos para governar. Mas podemos votar hoje e elegê-lo e depois votar e retirá-lo do poder, e colocar outro, mas claro vejamos os resultados e as propostas e assim votemos certo para o Brasil continuar mudando, não somos caranguejos para retroagir.

    ResponderExcluir
  23. Penso que todos temos direito a opiniões próprias, que cada um forma de acordo com o próprio caráter e ética.
    Ficam todos com firulas e conversas muito politizadas, atacam a Igreja e os partidos. Muito idealistas, inteligentes e ALIENADOS. Não conseguem enxergar o cerne de tudo isso.
    Agora, uma nação que pretende "evoluir" às custas do infanticídio não pode estar optando pelo melhor caminho.
    Tratam o aborto como se fosse a única solução possível. Nem que para isso tenham que atacar, julgar e condenar o próprio Cristo (de novo).
    Por que não falam de alternativas a essas concepções indesejadas. A Igreja tem sua proposta há, aproximadamente, 4000 anos; não há 8 ou mesmo há 80. Desde que deixou os mandamentos ao seu povo, Deus já MANDOU "NÃO PERCAR CONTRA A CASTIDADE", mas não obedecemos.
    E aí, para cobrir as consequencias dessa desobediência cometemos outa pior ("NÃO MATARÁS"). E para deixar nossa consciência em paz, defendemos que isso não é errado, faz parte do direitos do ser humano. E o direito de nascer, quem garante?
    Além do mais, num país que tem o atendimento público no nível do nosso, é justo disponibilizar uma vaga de maternidade a uma "mãe" que quer matar o filho (independentemente do tempo de gestação, conforme PNDH-PT) em detrimento àquela que quer dar a vida aos seus filhos? E se fossem suas esposas ou irmãs, a sofrerem isso: não puderem ser atendidas, porque o leito que poderia atendê-la está ocupado por uma mulher que cometeu o assassinato do próprio filho (isso usando toda a estrutra hospitalar, que o meu imposto, tanto quanto o de vocês, paga)? E aí, como ficamos?
    Podem dizer o que quiser, para mim, quem tem coragem de ASSASSINAR um bebê, ou permitir que o façam ainda dentro do ventre materno, tem um pezinho entre aqueles de 2000 anos atrás que gritavam CRUCIFICA-O.

    ResponderExcluir
  24. Donde tiraram que a CNBB disse isso? no fim quem assina é um bispo não a instituição.

    ResponderExcluir
  25. Nota Pública da CNBB

    A Comissão Brasileira Justiça e Paz, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), divulgou uma nota pública para condenar o uso da fé cristã no processo eleitoral. O documento surge depois das acusações contra a candidata Dilma Rousseff (PT), que nega ser favorável ao aborto. "Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente", diz a nota.

    Critica-se também a nota da Regional Sul 1, que não recomentou o voto em Dilma. A CNBB nacional condenou o texto e afirmou que não representa o pensamento da entidade. "Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias", denuncia a comissão.

    Leia a íntegra.


    Nota da Comissão Brasileira Justiça e Paz

    O MOMENTO POLÍTICO E A RELIGIÃO

    "Amor e Verdade se encontrarão. Justiça e Paz se abraçarão" (Salmo 85)


    "A Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) está preocupada com o momento político na sua relação com a religião. Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente. Desconsideram a manifestação da presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil de 16 de setembro, "Na proximidade das eleições", quando reiterou a posição da 48ª Assembléia Geral da entidade, realizada neste ano em Brasília. Esses grupos continuaram, inclusive, usando o nome da CNBB, induzindo erroneamente os fiéis a acreditarem que ela tivesse imposto veto a candidatos nestas eleições.

    Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias.

    Constrangem nossa conciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão, confundindo os cristãos e comprometendo a comunhão eclesial.

    Os eleitores têm o direito de optar pela candidatura à Presidência da República que sua consciência lhe indicar, como livre escolha, tendo como referencial valores éticos e os princípios da Doutrina Social da Igreja, como promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, com a inclusão social de todos os cidadãos e cidadãs, principalmente dos empobrecidos.

    Nesse sentido, a CBJP, em parceria com outras entidades, realizou debate, transmitido por emissoras de inspiração cristã, entre as candidaturas à Presidência da Republica no intento de refletir os desafios postos ao Brasil na perspectiva de favorecer o voto consciente e livre. Igualmente, co-patrocinou um subsídio para formação da cidadania, sob o título: "Eleições 2010: chão e horizonte".

    A Comissão Brasileira Justiça e Paz, nesse tempo de inquietudes, reafirma os valores e princípios que norteiam seus passos e a herança de pessoas como Dom Helder Câmara, Dom Luciano Mendes, Margarida Alves, Madre Cristina, Tristão de Athayde, Ir. Dorothy, entre tantos outros. Estes, motivados pela fé, defenderam a liberdade, quando vigorava o arbítrio; a defesa e o anúncio da liberdade de expressão, em tempos de censura; a anistia, ampla, geral e irrestrita, quando havia exílios; a defesa da dignidade da pessoa humana, quando se trucidavam e aviltavam pessoas.

    Compartilhamos a alegria da luz, em meio a sombras, com os frutos da Lei da Ficha Limpa como aprimoraramento da democracia. Esta Lei de Iniciativa Popular uniu a sociedade e sintonizou toda a igreja com os reclamos de uma política a serviço do bem comum e o zelo pela justiça e paz.

    Brasília, 06 de Outubro de 2010.
    Comissão Brasileira Justiça e Paz,
    Organismo da CNBB"

    ResponderExcluir
  26. quarta-feira, 6 de outubro de 2010
    Nota Pública da CNBB

    A Comissão Brasileira Justiça e Paz, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), divulgou uma nota pública para condenar o uso da fé cristã no processo eleitoral. O documento surge depois das acusações contra a candidata Dilma Rousseff (PT), que nega ser favorável ao aborto. "Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente", diz a nota.

    Critica-se também a nota da Regional Sul 1, que não recomentou o voto em Dilma. A CNBB nacional condenou o texto e afirmou que não representa o pensamento da entidade. "Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias", denuncia a comissão.

    Leia a íntegra.


    Nota da Comissão Brasileira Justiça e Paz

    O MOMENTO POLÍTICO E A RELIGIÃO

    "Amor e Verdade se encontrarão. Justiça e Paz se abraçarão" (Salmo 85)


    "A Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) está preocupada com o momento político na sua relação com a religião. Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente. Desconsideram a manifestação da presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil de 16 de setembro, "Na proximidade das eleições", quando reiterou a posição da 48ª Assembléia Geral da entidade, realizada neste ano em Brasília. Esses grupos continuaram, inclusive, usando o nome da CNBB, induzindo erroneamente os fiéis a acreditarem que ela tivesse imposto veto a candidatos nestas eleições.

    Continua sendo instrumentalizada eleitoralmente a nota da presidência do Regional Sul 1 da CNBB, fato que consideramos lamentável, porque tem levado muitos católicos a se afastarem de nossas comunidades e paróquias.

    Constrangem nossa conciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão, confundindo os cristãos e comprometendo a comunhão eclesial.

    Os eleitores têm o direito de optar pela candidatura à Presidência da República que sua consciência lhe indicar, como livre escolha, tendo como referencial valores éticos e os princípios da Doutrina Social da Igreja, como promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, com a inclusão social de todos os cidadãos e cidadãs, principalmente dos empobrecidos.

    Nesse sentido, a CBJP, em parceria com outras entidades, realizou debate, transmitido por emissoras de inspiração cristã, entre as candidaturas à Presidência da Republica no intento de refletir os desafios postos ao Brasil na perspectiva de favorecer o voto consciente e livre. Igualmente, co-patrocinou um subsídio para formação da cidadania, sob o título: "Eleições 2010: chão e horizonte".

    A Comissão Brasileira Justiça e Paz, nesse tempo de inquietudes, reafirma os valores e princípios que norteiam seus passos e a herança de pessoas como Dom Helder Câmara, Dom Luciano Mendes, Margarida Alves, Madre Cristina, Tristão de Athayde, Ir. Dorothy, entre tantos outros. Estes, motivados pela fé, defenderam a liberdade, quando vigorava o arbítrio; a defesa e o anúncio da liberdade de expressão, em tempos de censura; a anistia, ampla, geral e irrestrita, quando havia exílios; a defesa da dignidade da pessoa humana, quando se trucidavam e aviltavam pessoas.

    Compartilhamos a alegria da luz, em meio a sombras, com os frutos da Lei da Ficha Limpa como aprimoraramento da democracia. Esta Lei de Iniciativa Popular uniu a sociedade e sintonizou toda a igreja com os reclamos de uma política a serviço do bem comum e o zelo pela justiça e paz.

    Brasília, 06 de Outubro de 2010.
    Comissão Brasileira Justiça e Paz,
    Organismo da CNBB"

    ResponderExcluir
  27. esse bispo deveria era tomar vergonha na cara e
    ir punir os integrantes da igreja que causa dor e sofrimento abusando sexualmente de crianças
    e adolecentes que ao meu ver é de uma monstruosidade inesplicavel
    agora fica ai dando uma de certinho
    vc n tem moral para criticar dilma por ela ter uma opiniao propia
    se preucupe em levar deus ao coraçao desse pedofilos q fazem parte da igreija catolica

    ou leve a fuzilamento em praça publica
    pois é isso q merecem todos aqueles q abusa sexualmnte de crianças e adolecentes
    sendo quem for padre ,politico ,juiz e etc

    ResponderExcluir
  28. DEVERIAMOS NOS PREOCUPAR COM NOSSAS PRÓPRIAS VIDAS, E EM IGUALDADE COM A DO PRÓXIMO, ALGUEM ESCREVE UMA BOBAGEM, MESMO ESTE ALGUEM SENDO UM BISPO, E UM IDIOTA ESCREVE SEM CONHECIMENTO TEOLÓGIO LOGO LOGO EM SEGUIDA.
    ORREM MAIS, ACREDITEM EM DEUS E VOETM EM QUEM QUIZEREM, POIS VOCES SÃO LIVRES, " EU VOTO NO SERRA, MÁS NADA CONTRA A DILMA.

    ResponderExcluir
  29. Parabéns ao senhor bispo pela coragem de lutar a favor dos inocentes. Pois o próprio Jesus falou: "Vinde a mim as criancinhas"!Muito nobre sua atitude.

    ResponderExcluir
  30. Engraçado!! Nunca vi ninguém se levantar contra as barbaridades que acontecem no governo Lula, não vi ninguém questionar de onde saiu a Dilma, da roubalhera na Casa Civil, da empresa fantasma que mantinha contrato com os CORREIOS, do sequestro ao qual a ilustríssima candita a presidencia participou, do assalto a banco entre outras coisas. Ninguem tbm se lenvantou contra o seu apoio ao aborto, ao projeto de lei de restrição da propriedade, a limitação da liberdade de imprensa.
    Todos falam do bolsa familia, sendo que a implantação deste ocorreu através do candidato SERRA. Mais uma vez resta claro, que tais criticas a CNBB e apoio a DILMA se tratam de uma tentativa de manipulaçãoaos catolicos, de origem dos proprios petistas. Se o PT fosse tão bom, mais estados teriam eleito candidatos do partido e não foi esse o constatado.
    Acho uma pena a Igreja Católica não se posicionar veementemente contra a DILMA como fazem as Evangelicas, que são fieis aos seus principios, não tem medo de defendê-los e por isso, conquistam cada vez mais fieis.

    ResponderExcluir