sábado, 16 de outubro de 2010

Nova pesquisa eleitoral: CNT/Sensus

CNT/Sensus: Dilma, 52,3% dos votos válidos; Serra, 47,7%
ELEIÇÕES 2010 BRASIL

Pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgada nesta quinta-feira (14) aponta liderança da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, com 52,3%.

O tucano José Serra, por sua vez, registra 47,7% da preferência do eleitorado considerando os votos válidos.

Na pesquisa estimulada, quando são medidos os votos totais, a pesquisa registra, no entanto, empate técnico entre os dois presidenciáveis, com Dilma computando 46,8% e Serra, 42,7%. Nesta situação, votos brancos e nulos chegam a 4,0%. Eleitores indecisos atingem o patamar de 6,6%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Quando medida a intenção de votos de forma espontânea - situação em que ao eleitor não é apresentada uma lista com os candidatos - Dilma Rousseff segue na dianteira com 44,5%, ao passo que José Serra registra 40,4%. Brancos e nulos nessa situação são de 4,0%. Eleitores indecisos são 10,6%.

"Há uma solidificação desse voto. Se por um lado Serra leva vantagem no empate técnico, quando espontâneo está colado no estimulado, há pouca chance de mudança e isso é um ponto favorável à Dilma", disse o presidente da CNT, Clésio Andrade.

Computado o limite de voto, situação que engloba o nome do presidenciável como "o único que votaria" e a opção "poderia votar", Dilma Rousseff lidera as chances de conquistar a preferência do eleitorado com 60,7%, enquanto José Serra tem 59,1%.

A 17 dias do segundo turno, 72,9% dos entrevistados pela CNT/Sensus informaram já ter o voto definido, ao passo que 22,9% ainda estão escolhendo o candidato a presidente da República. Independentemente de o segundo turno ocorrer no meio de um feriado prolongado, 92,7% disseram que vão comparecer às urnas em 31 de outubro.

O levantamento CNT/Sensus ouviu 2 mil pessoas entre os dias 11 e 13 de outubro. Registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 35560/2010, tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais.

2 comentários:

  1. Essa pesquisa parece muito bem feita, vamos para as eleições, onde veremos os reais resultados.

    ResponderExcluir